top of page
  • Foto do escritorAna Maria

Adorável Infância



Então você é Perfumeira!

Sou!

Sou encantadeira, namoradeira, mamãezeira, rezadeira, choradeira!



Sou riacho doce, doce turbilhão

sou pura emoção, sou urna em dia de votação!



Que leveza poder passar algumas horas do lado dela, minha bruxa-mor, fada madrinha, 

dona do caldeirão e da decantação.



Uma florzinha da cidade que nos encanta com sua presença consciente, inconsciente da luz translúcida que carrega e graciosamente distribui.


Percebe-se que ela foi advertida sobre todos os "perigos" da roça, mas roçadeira é assim 

mesmo e segue em frente ceifando as ervas daninhas de nossos tortuosos caminhos... 




Admito-me ser guiada novamente à infância e recebo minha ingenuidade e desejo refazendo genuínas novas amizades. 


No bate papo informal pergunto:

Como você se machucou? 

Você faz balé?


E recebo, onde você mora Tia Ana ?

Ah, então você é Perfumeira.


Colhemos amoras para sua sobremesa e ela me revela um segredo: 

Qual é sua cor?

Digo sou Negra e amo minha cor. 

Ela diz:

Eu queria ser um pouco mais clara.

Eu pergunto:

Por quê? 

Ela diz:

Quero ser Dourada. Toda douradinha! Me encho de alegria ao perceber Oxum!

E digo:

Quando você crescer poderá se pintar como quiser, há pessoas que são douradas mesmo…. Lá na Índia. 

Então descobri-me INDIANA DA PELE DOURADA!!!



Ana Maria


                   votada mulher perfumada por tia Ana







3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page