top of page
  • Foto do escritorAna Maria

Benção, vovó!

Atualizado: 25 de mai.

Um galhinho de guiné 

um galhinho de arruda 

um galhinho de alecrim 

um galhinho de guiné 

um galhinho de arruda 

um galhinho de alecrim a bença vovó a bença vovô limpa meu corpo, tira tudo que é ruim 

a bença vovó a bença vovô:

tira do meu corpo tudo que é ruim.

(Esse é um ponto da Maria Cristina e sua vovó Maria.)


Aqui, eu falo dos meus pretos velhos e velhas tão queridos, neste mês de maio, mês  celebramos com devoção, toda essa sabedoria da ancestralidade africana indígena.


Eu ofereço o meu serviço no intuito de colaborar na construção desse saber tão precioso, tão sagrado, tão visceral!



Descobrir a presença constante, protetiva, da ancestralidade na minha vida foi um divisor de águas na minha presente existência… 


Perceber o acompanhamento e o trabalho da família espiritual expandiu meu conceito de família, irmandade, de compreensão de vida. 


Com seu amor incondicional, vejo que esses vovôs e vovós que nos ladearam por tantas e tantas encarnações, são pura doação e sentimento de bondadade devota.



Através de um olhar tão doce, me senti profundamente amada, ao ponto de querer também mudar o meu.



As lacunas deixadas por pai e mãe foram, aos poucos, sendo preenchidas por esse amor!


Agora, posso ofertar um olhar mais doce e compreensivo para entender minha família e antigos sofrimentos e descobrir, pelo que aprendo com eles, que em cada tudo, há um  propósito que o justifica, basta que façamos a pergunta:


Por que estou passando por isso?



Eles sobreviveram ao cativeiro!

Perdoaram os opressores e têm uma mensagem para nós, seus filhos!

Fazem caridade, benzem, tiram mazelas, acolhem, curadores da alma mió não há!



Passei a fazer deles meus conselheiros, a prosear com eles todos os dias, 

principalmente naquelas horas mais solitárias. 



Fio, si um cê pricizá

é só pidir pra nóis,

que nóis veim tijudá


pensa na casinha branca zifio

lá nu seu ganzuá...


Benção vô e vó e muito axé, 

Sua filha Ana Maria, de muitas e muitas jornadas!





28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page